(11) 9 9191 6085
Fale conosco
Você está em: Página inicial / Posts / Porque deixamos uma pessoa atormentar nossa vida

Porque deixamos uma pessoa atormentar nossa vida

Atormentar

Ainda bem que a pergunta é porque deixamos, ou seja, fazemos tudo o que é necessário para que tais pessoas continuem a nos atormentar, pois a qualquer preço nós desejamos continuar existindo para outras pessoas, e se tal pessoa nos atormenta isso prova para nós que existimos para ela, neste caso estamos sendo reconhecidos.

Todos nós seres humanos temos um desejo ardente de sermos reconhecidos, há em nós uma espécie de fome de reconhecimento por parte de outros seres humanos.

Deixamos uma pessoa nos atormentar, ou seja, reconhecer a nossa existência de varias formas, dando carinho físico e ou apenas olhando carinhosamente entre tantas outras maneiras de nos reconhecer, claro que existem maneiras exacerbadas de reconhecimento, pois recebemos fortes reconhecimentos em xingos, nas rusgas familiares, nas discuções no trabalho ou até mesmo em muitos casos de agressividade física é que a pessoa recebe o maior reconhecimento de sua existência, eis a razão do velho chavão mulher de malandro, pois quando ela apanha está fortemente sendo reconhecida na vida do agressor.

Porém quando a pessoa vicia em ser atormentada, se tirar isso dela  será como cortar sua carne, faltará um pedaço dela mesma, pois se atormentar passa a ser o maior de todos os seus reconhecimentos, ninguém reconhece a sua existência com tamanha força quanto alguém que a atormenta. Então com todas as forças do seu coração a pessoa que é atormentada consegue gravar dentro do peito que está sendo por tal pessoa profundamente reconhecida.

Não ser mais atormentada será como deixar de existir, algo to tipo ruim com ele (a), mas pior sem ele (a).

Se uma pessoa estiver sendo xingada estará recebendo atenção com muita força, isto funcionará como uma espécie de alimento para a alma das pessoas xingadas, se tal pessoa parar por um tempo de receber tal atenção sentirá a falta e maquiavelicamente se comportará de formas que as coisas se ajeitem para ser xingada novamente, e não é inconsciente, se a pessoa que foi atormentada refletir (meditar sobre) verá bem nítido que sempre ajeita tudo para tal fato ocorrer de novo, não sozinha claro, agressor e agredido fazem cada um a sua parte.

A solução de tal caso está em a pessoa absorver tais atenções de si mesmo para si mesmo (meditação), pois se eu medito (dizer algo para mim mesmo) estarei me dando atenção e reconhecendo a minha própria existência, assim sendo não terei mais necessidade do reconhecimento da minha existência por parte de outras pessoas.

Quem eleva o seu conhecimento a respeito de si mesmo, fica mais consciente de sua própria existência e assim carinhosamente e muito atentamente passa a ter momentos de paz e recolhimento, se medita sobre estar aqui e agora, eleva a sua autoestima e consequentemente se liberta de tais necessidades, ou seja, tal meditador estará abastecido da energia da atenção e reconhecimento 24 horas por dia, e assim sendo não terá necessidade de tal tipo de atenção e reconhecimento por tais pessoas..

Vale lembrar que se um relacionamento é uma maravilha as pessoas envolvidas aceitam numa boa que é 50% do esforço de cada uma das partes para as coisas acontecerem e continuarem dando certo, mas os seres humanos são assim mesmo, se deu certo é porque ele queria, mas se deu errado ninguém assume que queria que desse errado..

Sempre foi e serão ações e atitudes dos dois para se obter o resultado de um relacionamento, seja negativo ou positivo..

Tem algo muito parecido que as pessoas poderiam muito bem assumir, mas é insignificante a quantidade de pessoas que assumem o seguinte: Quando alguém tem boa saúde assume que foi o que ela comeu durante sua vida até então, quando fica doente culpa uma serie de outras coisas, menos o que realmente o enfraqueceu e gerou tal doença, que foi com toda a certeza o que a pessoa comeu..

Sempre gosto de lembrar que se vale para o positivo tem que valer para o negativo também..

Por Amadeu Wolff
Fale com o Terapeuta
Celular TIM: (11) 9 9191 6085
WhatsApp: 11 9 9191 6085
.

 . .

Veja mais posts deste blog
 
Comentários:
MARCIA GARCIA: Gostei muito de seus comentários sobre esse assunto, gostaria de me aprofundar mais. Vc tem algum livro q tbm fale sobre o assunto?.
Deixe aqui seu comentário sobre este post:
Nome:
Comentário:
CAPTCHA Image   Reload Image
Digite as letras abaixo:

WhatsApp: (11) 99191 6085
(11) 9 9191 6085